minas pela paz

Reconhecimento

Banner Resultados Pesquisa 2014_1024X230

O sucesso de um trabalho é reconhecido quando se percebe o seu impacto na vida de outras pessoas.

O Minas Pela Paz acredita que a união das iniciativas pública e privada, juntamente com a sociedade civil, pode alcançar grandes resultados. Por isso, trabalha dia a dia na construção de uma sociedade mais justa e segura. Confira algumas das homenagens recebidas pelo Minas Pela Paz.

– Prêmio Cidadãos do Mundo 2013

A edição 2013 do Prêmio Cidadãos do Mundo reconheceu dois projetos do Minas Pela Paz. Na categoria Responsabilidade Social, o Programa Regresso conquistou o primeiro lugar por seu trabalho em prol da qualificação e inserção profissional de egressos e apenados do sistema prisional. Já na categoria Projeto Piloto, foi reconhecido o trabalho de desenvolvimento do projeto Acervos Museológicos – democratização do acesso e formação de agentes culturais, que capacita professores e diretores escolares para atuar como agentes culturais para conduzir a formação cultural de alunos das escolas municipais de Belo Horizonte, tendo os museus e espaços públicos como cenário de atuação.

O Prêmio Cidadãos do Mundo é uma iniciativa do jornal Hoje em Dia e pretende valorizar as ações que visam o desenvolvimento sustentável da sociedade, viabilizado pela parceria entre governos, empresas e sociedade civil.

– Banco Mundial de Washington

O projeto Além dos Muros, fruto de uma parceria do Instituto Minas Pela Paz com a Fundação AVSI, recebeu um prêmio do Banco Mundial de Washington (EUA), em reconhecimento ao trabalho desempenhado em prol do fortalecimento das Associações de Proteção e Assistência aos Condenados (APACs) de Minas Gerais.

– Congratulações da Assembleia Legislativa de Minas Gerais

A Assembleia Legislativa de Minas Gerais enviou votos de congratulações ao Minas Pela Paz pelo exímio trabalho realizado, em parceria com a Secretaria de Estado de Defesa Social (SEDS), na gestão do Disque Denúncia Unificado (DDU). O ofício enaltece os resultados alcançados nos primeiros cinco anos de funcionamento do serviço e aponta o 181 Disque Denúncia como um importante instrumento no combate à criminalidade no Estado.

Arnaldo Niskier – membro da Academia Brasileira de Letras, Presidente do CIEE/RJ e ex-Secretário de Estado de Educação do Rio de Janeiro.

Doutor em Educação, Arnaldo Niskier escreveu um artigo enaltecendo o trabalho pioneiro do Minas Pela Paz para a democratização do acesso a cultura, a partir do desenvolvimento do projeto “Acervos Museológicos”. O artigo pode ser lido aqui (link para download do artigo).
 

– Prêmio Ser Humano 2012 (case Masb)

A Masb, empresa parceira do Minas Pela Paz, foi a grande vencedora do Prêmio Ser Humano, na categoria Responsabilidade Social Corporativa, em 2012. A premiação, promovida pela Associação Brasileira de Recursos Humanos de Minas Gerais (ABRH-MG), reconheceu o projeto “A Inclusão de Ex-Detentos no Mercado de Trabalho”, que detalha a experiência da empresa no Programa Regresso.

Medalha da Inconfidência 2010

O Minas Pela Paz foi agraciado com a Medalha da Inconfidência como reconhecimento pelo desenvolvimento gerado em Belo Horizonte e em Minas Gerais por meio de seus projetos em prol da minimização dos riscos sociais.  A premiação é uma das mais tradicionais e importantes concedidas pelo Estado.

Prêmio Ser Humano 2009 (case Usiminas)

A Usiminas, uma das sócias fundadoras do Minas Pela Paz, foi condecorada na categoria Responsabilidade Social Corporativa pelo Prêmio Ser Humano, no ano de 2009. Concedida pela Associação Brasileira de Recursos Humanos de Minas Gerais (ABRH-MG), a premiação reconheceu o trabalho desenvolvido pela empresa na contratação de egressos do sistema prisional, que objetiva reduzir a reincidência criminal, por meio do Programa Regresso.

 

Minas Pela Paz

Marco Lage, Maurílio Pedrosa e Liliane Lana recebem premiação pelos programas Acervos Museológicos e Programa Regresso.

premio_serhumano002

O Prêmio Ser Humano, promovido pela ABRH-MG, em 2009 e 2012, reconheceu a responsabilidade social da Usiminas e MASB respectivamente pela adesão ao Programa Regresso

Piquini_Medalha Inconfidància_cred Jose Carlos_secomMG

Marco Piquini, à época diretor coordenador do Minas Pela Paz, recebe medalha da Inconfidência em reconhecimento à contribuição do Minas Pela Paz ao desenvolvimento em Belo Horizonte.