minas pela paz

181 Disque Denúncia

“A sua denúncia aparece, você não”.

O 181 Disque Denúncia é um serviço de utilidade pública em prol da cidadania. É uma parceria do Minas pela Paz com o Governo de Minas Gerais, por meio da Secretaria de Estado de Segurança Pública e as Polícias Civil e Militar e o Corpo de Bombeiros. É um canal aberto de comunicação oferecido à população visando o enfrentamento e a prevenção da criminalidade através do recebimento de denúncias anônimas de crimes e sinistros.  Atende a todo o Estado  de Minas Gerais e as ligações são gratuitas, com sigilo e anonimato garantidos. Recebe cerca de 256 denúncias por dia e contribui diariamente para a solução de inúmeros casos no Estado.

O 181 Disque Denúncia foi o primeiro projeto realizado pelo Minas Pela Paz e completou 10 anos de atuação em fevereiro de 2017. É um serviço gratuito, disponível para a população dos 853 municípios de Minas Gerais, através do qual os cidadãos passam informações sobre crimes e sinistros de forma segura, sigilosa e anônima.

  • Como funciona

    O cidadão faz a denúncia através do número de telefone 181 para um atendente especialmente treinado para receber as informações sobre crimes e sinistros.

    Ao denunciar, o cidadão recebe do atendente um número de protocolo que deve ser cuidadosamente guardado. As informações são registradas no sistema e encaminhadas a uma equipe de analistas das polícias Civil e Militar e do Corpo de Bombeiros Militar. Esses servidores analisam, classificam e incorporam à denúncia outras informações que auxiliam na solução do caso.

    Depois da conclusão da fase de averiguação, os resultados e as providências adotadas ficam disponíveis para o denunciante. Assim, após 90 dias e sem se identificar, o cidadão com o número de protocolo nas mãos liga para o 181 e obtém as informações e o resultado da sua denúncia.

    Por motivo de segurança, todas as vezes que o denunciante fornecer informações que permitam a sua identificação, ele será orientado a ligar novamente e retomar todo o processo. O sistema de gestão da informação é muito seguro. As ligações são criptografadas, não permitindo o rastreamento de sua origem, dando ao denunciante a tranquilidade de que anonimato é garantido e o sigilo, absoluto.

  • Dúvidas

    P.  O que é o Disque Denúncia ?
    R.  O 181 é uma iniciativa do Minas pela Paz junto com o Governo de Minas Gerais em parceira com o Corpo de Bombeiros, a Polícia Civil e a Polícia Militar. Reúne em uma mesma central de atendimento a recepção de chamadas telefônicas com denúncias de crimes e delitos. Tem como objetivo agilizar o atendimento à população e contribuir para a redução da criminalidade no Estado. É um serviço gratuito e totalmente sigiloso. Por isso, o anonimato, além de um direito, se torna um dever da central.

    P.  Como posso acompanhar a minha denúncia?
    R. No momento da ligação, o denunciante recebe uma senha para acompanhar as investigações. Após cerca de 90 dias do registro da denúncia, as informações sobre o andamento do caso são disponibilizadas ao denunciante. Não é preciso se identificar e nem citar os detalhes do que foi dito. Basta apenas informar a senha de acesso.

    P.  Minha identidade é mantida em sigilo?
    R.  Sim. As chamadas são criptografadas; ou seja, grafadas em código e não permitem a decodificação. O número do telefone do denunciante não é identificado.

    P. E se eu me identificar por engano?
    R. É preciso desligar e ligar novamente. Mas há diversas formas de identificação, mesmo que você não fale seu nome. Se durante o atendimento você relatar que o denunciado é seu vizinho, familiar ou der qualquer outro indício que possa identifica-lo, o atendente irá orientar a encerrar aquela chamada e ligar novamente.

    P.  A polícia pode requerer que eu seja testemunha?
    R.  Não. O sigilo absoluto é um dos compromissos do Disque Denúncia. As ligações feitas para o serviço são gratuitas e não identificam o número do telefone de onde a chamada está sendo feita. Assim, impossibilita que o denunciante seja identificado.

    P. Em caso de urgência/emergência, posso ligar para o 181?
    R. Não. O 181 Disque Denúncia é um serviço de investigação e não de urgência/emergência. Caso você precise da presença imediata de uma viatura das polícias ou do Corpo de Bombeiros, ligue:

    190 – Polícia Militar

    197 – Polícia Civil

    193 – Corpo de Bombeiros

    192 – Samu

     

  • 181 Disque Denúncia supera a marca de 650 mil denúncias em 2016

    Desde 2007, o 181 gerou mais de 650 mil denúncias em Minas Gerais, sendo 20% oriundas de Belo Horizonte, 20% das demais cidades da região metropolitana e 60% dos municípios do interior do Estado. A população das cidades de Juiz de Fora e Uberlândia estão entre as cinco que mais utilizam o serviço, ocupando, respectivamente, a terceira e quarta posição em número de denúncias.

    O tráfico de drogas, devido sua extensão e impacto social, é o tema mais recorrente, representando 63% do total de denúncias.

    A apuração de outras naturezas de crimes também traz resultados expressivos, como nas demandas pelas atividades dos bombeiros, segunda colocação nas denúncias recebidas. Na maioria dos casos, os cidadãos informam a necessidade de vistoria e fiscalização em residências ou estabelecimentos comerciais, permitindo a ação antecipada ao desencadeamento do sinistro, diminuindo as demandas de emergência. Uma natureza de denúncia mais inusitada e bastante comum, é o risco ligado a ataques de cães perigosos; muitas vezes, a ação preventiva dos bombeiros é fundamental para evitar graves acidentes.

    Ao longo de 9 anos são registrados resultados relevantes das ações policiais, especialmente na apreensão de drogas – que já chega ao expressivo volume de 30 toneladas, e dinheiro oriundo do tráfico e dos jogos de azar que, juntos, chegam a mais de R$ 45 milhões.